5.29.2010
mate a todos e queime a cidade
 
Home... hard to know what it is if you never had one.
Home... I can't say where it is but I know I'm going home.
That's where the heart is.

And I know it aches
How your heart it breaks
And you can only take so much
Walk on, walk on

Leave it behind
You've got to leave it behind

All that you fashion
All that you make
All that you build
All that you break
All that you measure
All that you steal

All this you can leave behind.
posted by Arlequina @ 10:10 AM   1 comments
 





5.17.2010
Você é pilhada? (ou: Olha a faixa!)
 
O deslumbre de ser redatora numa agência já tinha passado. Agora eu queria ser redatora numa agência LEGAL, e um chefe que me pergunta na entrevista de emprego se eu fosse um animal que animal eu seria, jamais poderia ser dono de uma agência LEGAL. Foi um bom começo, mas tava na hora de mudar de emprego. Aí o céu me joga uma entrevista.  

Eu tava subindo a escada rolante da Galeria Ouro Fino imaginando como ficaria pobre, muito pobre, caso desse certo. Quem consegue trabalhar cercada de tantas lojas espetaculares todos os dias? Não dá pra se concentrar no que ta fazendo quando tem a caneca mais cool do mundo na loja do lado, a bota mais sensacional do universo no loja de baixo, um boneco de pano do Woody Allen na loja da frente, não dá.

Começa a entrevista e eu nervosa e gelada como quase todo mundo fica em entrevista. Pelo menos dessa vez eu imaginava que meu possível futuro chefe não perguntaria que animal eu seria, já que o nome da agência em si era um animal, e um chefe que é dono de uma agência com nome de animal dificilmente faz perguntas idiotas.

Você é pilhada? ele perguntou. Eu disse anh? Ele repetiu pilhada. Eu disse que sim, que era pilhada, até demais se for parar pra ver, por que, era um defeito? Ele disse que não, que tava procurando gente pilhada. Desci a escada rolante imaginando como a partir de segunda estaria pobre, muito pobre e com milhares de novos sonhos de consumo.

Passados dois meses, a caneca virou só uma caneca, o boneco de pano do Woody ficou caro demais, o gatinho tatuador ficou meio esquelético. A agência ainda era legal, mas corria o risco de deixar de ser a qualquer momento. Sorte que eu não estava pensando muito nela, porque o problema agora era o apartamento onde eu estava morando, que tinha virado só um dormitório barulhento cheio de gente nada a ver e boring.

Por isso esqueci que queria um apartamento pequeno perto do metrô quando encontrei essa casa na Zona Oeste onde já moravam uma carioca cineasta e um cachorro Beethoven. Foda-se o metrô, eu ia morar na casa mais legal do mundo, teria um quarto só pra mim, pintaria uma parede de vermelho e veria muitos filmes com a cineasta carioca e o cachorrão lindo.

Aí, no meio do show da Buena Vista Social Clube, a Dea (a cineasta carioca tem nome), apontou pra faixa gigante pendurada no palco que dizia Prefeitura de São Paulo Virada Cultural. E disse Olha a faixa! Eu disse anh? E ela disse Olha a faixa! Prefeitura de São Paulo. E eu disse anh??? E ela disse É que de vez em quando é bom lembrar. Olha em volta. Você tá aqui.

Caralho. Eu tou aqui. Eu moro em São Paulo. A Estação da Luz virou o lugar que vai ter o show. A Galeria Ouro Fino virou o lugar que eu trabalho. O quarto da parede vermelha virou o meu quarto com a parede que eu mesma pintei. Eu sou redatora. É isso. Deu certo. E não posso esquecer o quanto é legal. Não vou.

Valeu, Dea. 
posted by Arlequina @ 11:46 AM   7 comments
 




il libretto

 

Rss


"Em qualquer terra em que os homens amem. 
 Em qualquer tempo onde os homens sonhem.
 
                                                        Na vida."

Máscaras - Menotti del Picchia

 

outros palhaços

 

Ai Minha Santa Aquerupita!
By Julia
Meu Melhor Amigo Gay
Quero te pegar sóbrio
Cara de Milho
Humano e Patético
Bodega da Loli
Café e Cigarros
Flor de Hospital
Diário de Trabalho
Homem é Tudo Palhaço
Vida Bizarra
A Casa das Mil Portas

 

clap

 

Opera Bufa
Desenblogue
Pérolas para porcos
Piores Briefings do Mundo
Malvados
Vida Besta
Omelete
Danilo Gentili
Wagner & Beethoven
Ryotiras
Vai trabalhar, vagabundo!
Follow the Colours
Design On The Rocks
Puta Sacada
4P
Anões em Chamas
Kibe Loco

 

o carnaval que passou


Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Janeiro 2009

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Setembro 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Fevereiro 2010

Março 2010

Abril 2010

Maio 2010

Junho 2010

Julho 2010

Agosto 2010

Outubro 2010

Novembro 2010

Dezembro 2010

Janeiro 2011

Fevereiro 2011

Março 2011

Abril 2011

Maio 2011

Junho 2011

Outubro 2011

Dezembro 2011

Janeiro 2012

Março 2012