5.18.2011
Para o meu amor invisível número 1
 
Hoje eu quero dormir abraçando todas as melhores e as piores lembranças que eu tenho de você. Elas nunca me deixaram, na verdade. Desde que te conheci numa rodoviária eu já fui a muitos lugares, mas elas sempre vieram comigo. Não vou dizer que é involuntário. Não subestimo assim a minha vontade. Elas vêm comigo porque eu quero traze-las. Porque elas são uma parte tão grande do que eu sou, que eu não conseguiria deixa-las no caminho.

Hoje eu quero dormir abraçando as melhores e as piores lembranças de você porque elas me divertem. Eu lembro que te idolatrei e acho graça. Lembro que pedi, implorei, exigi de você o que você não me dava simplesmente porque não tinha. E morro de achar graça do que agora é tão óbvio. Lembro do altar que fiz pra você e do desespero que eu sentia ao olhar pra ele e vê-lo vazio. Um altar, veja só. Duas crianças. Uma só sabia amar machucando e outra só sabia amar sofrendo. Deu certo enquanto foi assim. Deu certo até que eu começasse a achar graça.

Hoje eu quero dormir abraçando as melhores e as piores lembranças de você, só pra sentir o prazer de saber que tudo mudou. Eu vejo seus defeitos e eles não me pesam, não me machucam, sequer me incomodam. Agora que você não é meu ídolo, você já pode ter defeitos. Agora que tenho tanta vida, você não precisa me chamar pra sua. Eu não espero nada de você. Eu não quero nada de você. Eu não preciso de você.

Mas hoje eu quero dormir abraçando as melhores e as piores lembranças de você porque, a despeito de qualquer mudança de texto, roteiro e cenário, apenas três coisas continuam exatamente como eu me lembro:

1. Eu sempre vou amar você.
2. Eu queria que você estivesse aqui.
3. Você nunca vai estar.
posted by Arlequina @ 8:46 PM   3 comments
 




il libretto

 

Rss


"Em qualquer terra em que os homens amem. 
 Em qualquer tempo onde os homens sonhem.
 
                                                        Na vida."

Máscaras - Menotti del Picchia

 

outros palhaços

 

Ai Minha Santa Aquerupita!
By Julia
Meu Melhor Amigo Gay
Quero te pegar sóbrio
Cara de Milho
Humano e Patético
Bodega da Loli
Café e Cigarros
Flor de Hospital
Diário de Trabalho
Homem é Tudo Palhaço
Vida Bizarra
A Casa das Mil Portas

 

clap

 

Opera Bufa
Desenblogue
Pérolas para porcos
Piores Briefings do Mundo
Malvados
Vida Besta
Omelete
Danilo Gentili
Wagner & Beethoven
Ryotiras
Vai trabalhar, vagabundo!
Follow the Colours
Design On The Rocks
Puta Sacada
4P
Anões em Chamas
Kibe Loco

 

o carnaval que passou


Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Janeiro 2009

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Setembro 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Fevereiro 2010

Março 2010

Abril 2010

Maio 2010

Junho 2010

Julho 2010

Agosto 2010

Outubro 2010

Novembro 2010

Dezembro 2010

Janeiro 2011

Fevereiro 2011

Março 2011

Abril 2011

Maio 2011

Junho 2011

Outubro 2011

Dezembro 2011

Janeiro 2012

Março 2012