3.25.2006

 
Eu gosto de besteirol cibernético. Participo ativamente de tudo de inútil que a internet tem a me oferecer, como a grande maioria das pessoas que têm acesso à rede. Então tenho que ser tolerante com a existência de alguns costumes específicos do cyber espaço, como mensagens de clicar em peixinhos, spam de piada sem graça, frases inteiras formadas por emoticons escandalosos, pessoas carentes colecionadoras de amigos de orkut. Tudo isso é até tolerável.

Mas uma coisa que realmente me IRRITA é o idioma falado na internet. Lógico que não sou professora de português e lógico que sou totalmente a favor da linguagem coloquial. Tudo bem, você é uma pessoa popular, tem muitos amigos pedindo sua atenção no msn, muito fotolog pra comentar, muito scrap pra escrever, então é perfeitamente compreensível um erro de digitação aqui, outro ali, trocar uma letra por uma tecla vizinha, a abreviação de todas as palavras possíveis. Mas o problema é... nem todas as palavras são abreviáveis! E duas letras me dão muita pena: o c e o q. Já reparou que as pessoas simplesmente aboliram o c e o q e da gramática cibernética? Ninguém usa mais o c e o q! Todo mundo trocou pelo k! E eu pergunto, por que, meu deus, por quê?? Pressa? Não faz sentido. Kuanto tempo vc vai ekonomizar da sua vida enfiando o k em palavras onde ele não deveria estar? Inklusive, não existe k na gramátika portuguesa! Será que isso é um komplô do imperialismo americano? Será? Será?

Whatever. O que me incomoda mais não é nem o forte movimento pro desaparecimento do q e do c. Intrigante mesmo é o costume de escrever sem pontuação! Quando foi que isso começou a acontecer?? Desde quando pontuar as frases não é mais necessário? Escrever do jeito que se fala, beleza. Mas como fazer com que a pessoa que está lendo entenda a entonação que você daria àquilo se estivesse falando? Não foi justamente pra isso que inventaram os pontos? CADÊ OS PONTOS??? De onde surgiu o costume ABSURDO de escrever dez linhas seguidas sem uma vírgula, sem uma exclamação, sem nem se quer um ponto final só pra avisar que já acabou de escrever?

Se eu souber de algum movimento extremo-radical pela volta do c e do q e, principalmente, pela volta dos pontos nas frases, eu entro nele. Talvez até eu mesma crie um. Por enquanto eu faço meu protesto silencioso: a frase veio uma bagunça? simplesmente não leio. Queria ter o bom humor das pessoas que participam desta comunidade (apesar de acreditar que o operador que é o grande piadeiro da história), mas não tenho. Essa é uma das poucas coisas do mundo com as quais não consigo ser espirituosa. Eu gosto de português de verdade, mesmo escrito com todos os erros de gramática possíveis. Não gosto de português de internet. E ponto final.
posted by Arlequina @ 12:48 PM   0 comments
 





3.20.2006

 
De tanto todo mundo falar e falar eu superei meu preconceito e fui ver Lost. E meu preconceito é justamente contra séries super elaboradas e com os episódios muito amarrados uns nos outros porque odeio seriado que exige disciplina e escravisa. Por isso que eu não consigo nem acompanhar Belíssima! Eu gosto mesmo é de Seinfeld, Friends e That's Seventies Show. Mas ok, vocês venceram. Vamos ver o que um roteirista consegue fazer de tão interessante com um grupo de sobreviventes de um acidente de avião presos numa ilha esquisita.

Tentei acompanhar pelo AXN. Não entendi porra nenhuma. Depois fui saber que já tava na segunda temporada e que eu realmente não poderia entender nada se não tivesse visto a primeira. Tentei ver na Globo. Num rolou. Meu sono é completamente louco: tem dia que eu durmo sete da noite e acordo quatro da manhã, tem dia que eu durmo três da manhã e acordo seis, tem dia que eu durmo oito da noite e acordo meio dia. Impossível ter disciplina pra acompanhar qualquer coisa que passe de madrugada. Mas pra que televisão quando se tem internet, né? Fiz minha última tentativa na casa do Daniel. Tava lá de bobeira fazendo nada e ele disse que tinha baixado a primeira temporada inteira e que eu tinha que ver, que era muito bom, e que isso e aquilo e tudo que todo mundo fala. Ok, um episódio ou dois não vai me matar.

Acontece, meus amigos, que eu vi três, vi quatro, vi cinco e tive que parar de ver porque a gente tinha combiando de ir no cinema ver The Matador. E o filme era muito chato (o Omelete dessa vez errou, veja só que coisa, Bruno!) e eu só pensava "Caralho, eu preciso voltar pra casa do Daniel logo pra ver pelo menos mais um episódio de Lost" e vi seis, sete, oito e passei a madrugada inteira vendo e vi nove, dez... dezessete. Sim, dezessete episódios seguidos. Não comi, não dormi, não tomei banho e só fui ver que tava realmente com fome quando levantei rápido pra ir no banheiro (porque tinha que ser rápido, porque eu queria ver o próximo logo) e tudo rodou de vertigem.

EU ME RENDO! Lost é do caralho! É uma das coisas mais intrigantes que já inventaram em toda a história das inutilidades televisivas! É foda! É maravilhoso! Eles estão mortos? Estão numa dimensão paralela? É um treinamento do exército? É uma viagem do careca? E QUEM É AQUELE CARECA??? O QUE ELE SABE?? O que é aquela coisa que destrói as árvores? Como assim um urso polar??? Fudeu. Já era. Lost agora domina a minha vida.

Então eu me juntei a enorme legião de fanáticos. Baixem, baixem todos na internet! Escolha o seu personagem preferido (o meu é o roqueirinho loser)! Crie você mesmo sua própria teoria sobre o que está acontecendo! Eu garanto que Lost pode até não mudar a sua vida, mas com certeza vai roubar MUITAS horas dela.


posted by Arlequina @ 6:50 AM   0 comments
 





3.16.2006

 
"Eu vou te dar uma pala... Você vai ter que aprender... A Tonga da Mironga do Kabuletê..."

--

As pessoas estão cada vez mais insuportáveis. As pessoas falam sem parar e só falam merda. Mas o pior não é falar merda. O pior é falar merda como se tivessem descoberto a grande pólvora que vai iluminar toda a humanidade. As pessoas repetem clichês balançando os braços dizendo que estão indignadas, que assim não dá, que alguma coisa deve ser feita, que a universidade pública tá sucateada, que a universidade particular é mercenária, que o ensino no Brasil é uma merda, que a política no Brasil é uma merda, que a Bahia é dominada por ACM, que Sergipe é dominado por João Alves, que o governo do PT é uma decepção e um constrangimento, que bom mesmo é mpb e chorinho, que o funk é um grande movimento cultural, que o funk é uma baixaria, que fulana é puta, que beltrano é corno, que cicrana é sapatão, que o transporte público deve ser gratuito pro estudante, que num sei quem tá ganhando muito dinheiro no exterior, que vodca boa se bebe sem limão, que skol é melhor que brahma, que a televisão é alienação de massa, que o rádio é alienação de massa, que o jornal impresso é alienação de massa, que o funk carioca o rock o axé o pagode o falso forró o arrocha é tudo alienação de massa e bom mesmo é chorinho, phunk com pê agá, mpb e luiz gonzaga. As pessoas citam Nietzsche, Marx, Focault, Trótsky, Chico Buarque, Faustão, Bordieu, Adorno e dão muita ênfase a tudo que falam. As pessoas dizem que a humanidade precisa saber a verdade, todas as verdades, pobre humanidade, nunca sabe a verdade, que tudo que se diz é mentira, mentira, mentira, um grande complô do capitalismo, da Globo, da Xuxa, do Silvio Santos, de Bush, do PFL, da reitoria, da diretoria, da indústria tabagística, dos publicitários, do mercantilismo. As pessoas dizem que cinema bom é o europeu, que cinema bom é o nacional, que o cinema nacional é muito bom, mas não chega perto do cinema de Hollywood, que o cinema de Hollywood é uma merda. As pessoas contam que amam Almodovar, Sofia Coppola e Woody Allen e que adoraram Encontros e Desencontros e que filme maravilhoso sobre o relacionamento humano é Closer que por sinal tem aquela música linda que Ana Carolina fez uma versão. As pessoas vão todas se encontrar no show de graça da Ana Carolina que ganharam de presente da Prefeitura devido ao aniversário da cidade. E as pessoas vão ouvir o discurso do Prefeito que vai falar sobre os grandes feitos do PT em Aracaju e no Brasil enquanto algumas pessoas vão aplaudir e outras pessoas vão vaiar porque o PT isso e o PT aquilo. Então as pessoas vão voltar a repetir tudo do começo até que o show da Ana Carolina vai se iniciar com a versão que ela fez daquela música que as pessoas acham emocionante e que é tema daquele filme que as pessoas acham maravilhoso. E ainda querem que eu saia de casa pra participar disso.


Eu odeio todas as pessoas e agora, nesse momento, não me interessa absolutamente NADA do que elas têm a dizer.

--

"O mundo não foi feito pra você", ele disse. Mas a questão não é essa. A questão é: EU fui feita para o quê então?

.blog em crise de identidade.
posted by Arlequina @ 7:09 AM   0 comments
 





3.12.2006

 
"Ah! Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro, jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco..."


Acho que to com problemas mentais...
posted by Arlequina @ 1:53 PM   0 comments
 




il libretto

 

Rss


"Em qualquer terra em que os homens amem. 
 Em qualquer tempo onde os homens sonhem.
 
                                                        Na vida."

Máscaras - Menotti del Picchia

 

outros palhaços

 

Ai Minha Santa Aquerupita!
By Julia
Meu Melhor Amigo Gay
Quero te pegar sóbrio
Cara de Milho
Humano e Patético
Bodega da Loli
Café e Cigarros
Flor de Hospital
Diário de Trabalho
Homem é Tudo Palhaço
Vida Bizarra
A Casa das Mil Portas

 

clap

 

Opera Bufa
Desenblogue
Pérolas para porcos
Piores Briefings do Mundo
Malvados
Vida Besta
Omelete
Danilo Gentili
Wagner & Beethoven
Ryotiras
Vai trabalhar, vagabundo!
Follow the Colours
Design On The Rocks
Puta Sacada
4P
Anões em Chamas
Kibe Loco

 

o carnaval que passou


Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Outubro 2007

Novembro 2007

Dezembro 2007

Fevereiro 2008

Março 2008

Abril 2008

Maio 2008

Junho 2008

Julho 2008

Agosto 2008

Setembro 2008

Outubro 2008

Novembro 2008

Dezembro 2008

Janeiro 2009

Fevereiro 2009

Março 2009

Abril 2009

Maio 2009

Junho 2009

Julho 2009

Agosto 2009

Setembro 2009

Outubro 2009

Novembro 2009

Dezembro 2009

Janeiro 2010

Fevereiro 2010

Março 2010

Abril 2010

Maio 2010

Junho 2010

Julho 2010

Agosto 2010

Outubro 2010

Novembro 2010

Dezembro 2010

Janeiro 2011

Fevereiro 2011

Março 2011

Abril 2011

Maio 2011

Junho 2011

Outubro 2011

Dezembro 2011

Janeiro 2012

Março 2012